Técnica para combater a desmotivação

Como combater a Desmotivação?


Comece com uma atividade oposta ou menos importante. (PULO DA CAMA)

Objetivo: Superar a inércia inicial

Levantar-se e fazer algo é às vezes o obstáculo mais difícil - mas quando é algo pequeno, você acaba abrindo caminho fazendo com que seja mais fácil a atividade passar.

Você se perguntará: "Por que eu estou aqui perdendo meu tempo fazendo isso irrelevante e desnecessário?"

Você vai parar, ficar um pouco mais desperto da sua atividade e vai dar o passo inicial.


Dando o primeiro passo.

1. Realize a atividade em pequenos passos. Quanto maior o tamanho do projeto que você vai encarar durante o dia, pior seu cérebro vai encará-lo.

Qual a solução então? Enganar ele. Não tem jeito. Qualquer que seja o seu projeto, divida ele em tamanhos menores e mais realistas.

Essa é uma das causas número 1 da desistência de produtividade do dia a dia: a ideia de grande responsabilidade. Você acaba ficando com medo do tamanho (ou da quantidade) de coisas que vai ter que fazer e desiste antes mesmo de começar.

Então a ideia é a seguinte: pegue um bloco de notas, seu caderno, algum aplicativo ou mesmo uma folha de papel ofício e desenhe sua "grande tarefa" do dia.

Sim, é pra desenhar mesmo. Mas aí você pergunta: Mas Felipe, como eu vou desenhar algo que não tem forma? A resposta é: invente! Crie uma forma geométrica, ou um símbolo, ou a represente como a figura de um animal.


Depois, pegue cada parte dessa figura sequenciada (de 1 a 15 ou 1 a 10) e dê o nome da atividade específica.

Quando você foi matando cada atividade, é só marcar um X na parte ou pintar com lápis de cor com uma cor específica (do tipo vermelho para as feitas, azul para as incompletas ou verde para as já completadas).

Seu cérebro vai entender aquilo como algo que precisa continuar a ser colorido, e quando mais colorido da cor verde fica, mais ele se motiva a querer completar.

Os aspecto visual é muito importante nisso, por isso gráficos, infográficos, timeboxes e lousas brancas na parede são tão importantes para nos motivar.


Cada pequena tarefa deve ser feita separadamente, com pausas claras entre cada uma, em vez de ser multitarefa.

Não tente jamais fazer tudo ao mesmo tempo. Você sabe o que isso vai dar! Improdutividade. Você terá a falsa sensação de estar fazendo várias coisas, mas felicidade vai acabar diminuindo porque seu nível de esforço e cansaço aumenta, o que faz com que o seu rendimento diminua, além de fazer despencar a qualidade das coisas que você faz.


Então, o ideal é você montar uma sequência de coisas a serem feitas e dar ênfase em cada uma por vez.


Então, já sabe: Multitarefas -> Ineficiência. Faça aquilo que importa numa ordem organizada, sem culpa.

Dê uma pausa! Você não vai conseguir se concentrar se não houver um intervalo. Se você produziu 1 hora, faça um intervalo de 15 a 20 minutos.

Mas atenção. Esse passo é muito importante: você tem que desligar a tomada mesmo.


Não adiante ficar no mesmo ambiente de tarefas pensando em algo relacionando à tarefa. Você tem que descansar mente e corpo.

Algumas pessoas não fazem isso. Elas vão pro sofá ou pra cama ainda se preocupando com as atividades, e seu cérebro entende que você ainda está produzindo. A mentalização pode ser negativa também.

Ao passar de uma tarefa para a outra, encontre pontos de continuação para que seja mais fácil continuar quando voltar a fazer a tarefa anterior depois de uma pausa.

Olhe agora, para finalizar, o teor dos seus pensamentos e as chances que ele tem de contribuir para o seu sucesso:

Chances de Sucesso: Não Vou – 0% Não Posso – 10% Não sei como fazer – 20% Eu gostaria de poder fazer – 30% Eu quero – 40% Acho que devo fazer– 50% Eu devo fazer – 60% Acho que posso – 70% Eu posso – 80% Eu faço – 90% Eu sou – 100%

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square